Notícias

Notícias

20.04.2011

Vídeo: Maternidade e UTI neonatal são reabertas em Alagoas

A Coordenação de Controle de Infecções de Alagoas vistoriou e autorizou nesta terça-feira (19) a reabertura da maternidade e da UTI neonatal do hospital universitário, em Maceió. Foi um dos hospitais visitados pela equipe do JN no Ar na última semana.

Dos 19 leitos da Unidade de Cuidados Intermediários, nove foram adequados para funcionar como UTI, que estava interditada desde o início do mês por causa de uma contaminação por uma superbactéria muito resistente a antibióticos.

“Do ponto de vista técnico, não tem nada que comprometa o recebimento de nenhum paciente, nenhuma criança aqui”, diz a presidente da Coordenação de Controle de Infecção do Estado de Alagoas, Cássia Sales.

A área que passou por adequações fica separada da UTI neonatal, onde estão dois bebês. Eles têm a bactéria, mas, segundo a direção do hospital, a infecção está controlada.

As modificações estão sendo feitas para desafogar o atendimento na única maternidade da rede estadual referência para casos de alto risco, como mostrou o JN no Ar na semana passada. Nesta terça-feira (19), a unidade ainda funciona com a capacidade no limite.

“Eles disseram que está cheio, está lotado. Estou no corredor há quatro dias”, conta a estudante Rafaela Francisca da Silva.

Uma trabalhadora rural também aguarda nos corredores com a filha, que nasceu na segunda, prematura de oito meses. “Ela nasceu e eu já vim pro corredor”, diz.

“Nós acreditamos que, a partir de amanhã, isso aí vai ser tranquilizado, vai ser normalizado, porque nós vamos transferir pacientes que estão chegando à nossa triagem para o hospital universitário”, explica o diretor da maternidade, Telmo Henrique Barbosa.




 


 

Compartilhe esta história

Histórias Reais

Veja histórias por:

Receba as novidades

Assine nossa newsletter e fique por dentro de tudo que acontece no universo da prematuridade.