• Parceiros oficiais:
  • Efcni
  • March of Dimes
Arraste para navegar

Quíntuplos nascem prematuros no Paraná

04/09/2019 Bebês nasceram prematuros em hospital de Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba, na noite desta segunda-feira (2). Casal diz que fecundação foi natural.

Uma mulher deu à luz quíntuplos na noite desta segunda-feira (2), em Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba. As crianças nasceram prematuras, de 28 semanas, segundo a família.

A gravidez de Anieli Camargo Kurpel, 24 anos, aconteceu de forma natural. O casal conta que estavam tentando ter um filho desde o fim de 2018.

Antes de descobrir que estava grávida de quíntuplos, a jovem ouviu em uma consulta que havia a suspeita de que ela poderia ter um cisto no ovário ou um tumor no útero.

Anieli e o marido, Luis Fernando Araújo, de 33 anos, moram em Chopinzinho, no sudoeste do Paraná. A descoberta dos quíntuplos veio no início de abril, durante um exame de ultrassom.

Por ser considerada uma gravidez de risco, a jovem precisou de cuidados constantes durante a gestação.

Em julho, ela foi levada para o Hospital do Rocio, na Região Metropolitana de Curitiba, onde aguardou o nascimento dos filhos.

Nascimento

Os bebês nasceram às 21h15 e são três meninos e duas meninas. Os nomes escolhidos foram Luis Henrique, Jhordan, Tiago, Laura e Antonella.

Todas as crianças nasceram com mais de um quilo, menos a pequena Laura, que veio ao mundo com pouco mais de 900 gramas.

Após o parto, os bebês foram levados para incubadoras da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital, onde devem permanecer até ganharem peso. Ainda não há previsão de alta.

Anieli já tem um filho chamado Davi, de seis anos, que é de outro relacionamento. Por outro lado, Luis Fernando está sendo pai pela primeira vez.

"Agora é só aguardar. Todos vieram com saúde. A partir de agora é uma batalha todos os dias. Mas vamos ficar todos bem", disse o pai dos quíntuplos.

Campanha na internet

Após descobrirem a gravidez, o casal resolveu fazer uma campanha virtual para arrecadar fundos para cuidar das crianças. Anieli foi demitida do emprego semanas antes de descobrir a gravidez.

Em uma rede social, o casal criou uma conta chamada "Quíntuplos do Paraná", que até esta terça-feira (3) contava com mais de 18 mil seguidores.

Os dois também criaram uma "vaquinha virtual", com o objetivo de arrecadar R$ 40 mil para a compra de roupas, fraldas e outros itens para os bebês.

Em meio à campanha, o casal conta que descobriu uma conta falsa na internet, de pessoas que se passavam pelos dois para conseguir dinheiro.

Após denúncias feitas por seguidores, a conta falsa foi removida.

Fonte: G1 (notícia original publicada em 03/09/19).
(Foto: Foto: Luis Fernando Araújo/Arquivo Pessoal)



Tem um bebê
prematuro?

Preencha nossos cadastro e ajude
a direcionar as ações da nossa ONG

Cadastre-se