• Parceiros oficiais:
  • Efcni
  • March of Dimes
Arraste para navegar

Bebê de noiva que morreu no casamento recebe alta e pai celebra sua vida

16/12/2019 Completando quase um mês em casa, o papai Flávio celebra cheio de amor os 3 meses de vida da pequena!

Após 70 dias na UTI Neonatal, a bebê Sophia, filha do tenente Flávio Gonçalves e Jéssica Guedes, noiva que sofreu uma clampsia antes de entrar na igreja, recebeu alta.

Completando quase um mês em casa, o papai Flávio celebra cheio de amor os 3 meses de vida da pequena!

Após a tragédia, ele lutou para custear o atendimento da noiva e o tratamento da Sophia. Felizmente, o hospital Pro Matre Paulista, sensibilizado com a história, isentou Flávio de todos os custos.

“Ela recebeu alta dia 23 de novembro. Nasceu com 1 quilo e hoje está com 2,810. E hoje fiz as unhas delas”, relatou todo feliz ao Razões.

E quando perguntamos como está sendo ser papai de primeira viagem, ele conta com todo carinho que tem muito amor de sobra!

“Eu sou um superpai com cuidados de mãe. A mamãe dela é a Jéssica, nosso anjo da guarda.”

Pequena guerreira

Desde que nasceu, Sophia enfrentou muitas batalhas!

Segundo a Revista Crescer, ela teve uma infecção hospitalar, tromboses no coração e pescoço e passou por uma cirurgia para retirada de uma hérnia inguinal, que ocorre quando uma parte do intestino se projeta através de uma fraqueza nos músculos abdominais, formando uma protuberância geralmente na virilha.

A boa notícia é que a Sophia não ficou com sequelas e terá acompanhamento de especialistas apenas por conta da prematuridade.

“Decorei o quarto da Sophia sozinho, com os itens que a Jéssica tinha comprado. Na maior parte do dia, a Sophia fica com minha sogra e eu sou o responsável pelos cuidados na madrugada. Coloco no berço, canto músicas e conto histórias da mãe dela.”

Ativista pelos direitos dos prematuros e seus pais

Com tudo o que viveu na UTI Neonatal, Fávio abraçou a causa, promovendo a discussão dos direitos dos prematuros e seus pais em seu Instagram e participando de ações, tornando-se voluntário da ONG Prematuridade.com em 2019. Sophia nasceu com 29 semanas de gestação. 

“Quero pegar minha dor e transformar em algo que possa ajudar essas pessoas”, conclui.

Fonte: Razões Para Acreditar (notícia original publicada em 16/12/19).
(Fotos: Arquivo pessoal)



Tem um bebê
prematuro?

Preencha nossos cadastro e ajude
a direcionar as ações da nossa ONG

Cadastre-se