• Parceiros oficiais:
  • Efcni
  • March of Dimes
Arraste para navegar

10 Passos para a Melhoria do Cuidado Neonatal

16/10/2019 A Secretaria de Atenção Primária em Saúde (SAPS/MS), através da Estratégia QualiNEO, lança “Os 10 passos para o Cuidado Neonatal”.

A Secretaria de Atenção Primária em Saúde (SAPS/MS), através da Estratégia QualiNEO, lança “Os 10 passos para o Cuidado Neonatal”.

A redução da mortalidade e a sobrevida com qualidade dependem da organização das unidades neonatais. Gestores e profissionais de saúde devem se preocupar com a estrutura e o cuidado prestado, assim como com o estabelecimento de redes colaborativas integradas, com foco na melhoria do resultado do cuidado neonatal.

A capacidade de aprimorar o processo de cuidado provavelmente não virá da descoberta de novos tratamentos, mas sim da aprendizagem e da possibilidade de tornar mais eficazes as terapias já existentes, através da revisão dos processos e práticas.

A lista com os 10 passos para a melhoria do cuidado neonatal concentra uma série de recomendações que tem por objetivo melhorar e qualificar a atenção ao recém-nascido e sua família e surgiu como resultado do trabalho integrado que vem sendo realizado pelo Ministério da Saúde através de consultores envolvidos no cuidado neonatal que atuam na Estratégia QualiNEO e especialistas do Portal de Boas Práticas em Saúde da Mulher, Criança e Adolescente (IFF/Fiocruz/MS).

A estratégia QualiNeo foi criada pelo Ministério da Saúde (MS), por meio da Coordenação Geral de Saúde da Criança e Aleitamento Materno (CGSCAM/DAPES/SAS), para reduzir as taxas de mortalidade neonatal (até 28 dias de vida) e qualificar a atenção ao recém-nascido nas maternidades.

Os Dez Passos para o Cuidado Neonatal:

1. Siga as normas de reanimação neonatal e previna a hipotermia.

2. Use CPAP desde a sala de parto e evite intubar o recém-nascido.

3. Controle o uso de oxigênio. Evite a hiperóxia.

4. Alimente o RN o mais precoce possível e de preferência com o leite materno/humano.

5. Higienize as mãos e evite antibióticos desnecessários.

6. Uso criterioso de medicamentos (aminas, analgésicos e sedativos).

7. Pratique o Método Canguru e integre toda a equipe multiprofissional no cuidado individualizado.

8. Siga as normas de segurança do paciente no cuidado com o RN.

9. Utilize de forma racional os recursos existentes e pratique o gerenciamento de leitos.

10. Utilize os indicadores de sua unidade neonatal como fonte de melhorias e de aprendizado da equipe.

Download do documento completo ou versão resumida.

Fonte: Portal de Boas Práticas.



Tem um bebê
prematuro?

Preencha nossos cadastro e ajude
a direcionar as ações da nossa ONG

Cadastre-se