• Parceiros oficiais:
  • Efcni
  • March of Dimes
Arraste para navegar

30 dias de ações pela redução da prematuridade

Neste ano, as maternidades integrantes da Estratégia QualiNEO desenvolveram um tema a ser trabalhado em nível nacional, baseado no clássico infantil “O Pequeno Príncipe” de Antoine de Saint-Exupéry.

No dia 17 de novembro de 2019, o Brasil se mobilizará para o Dia Mundial da Prematuridade, com o objetivo de despertar a atenção da população para um problema que atinge 15 milhões de crianças todos os anos ao redor do mundo. No Brasil, 340 mil bebês a nascem de maneira prematura a cada ano, o equivalente a 931 por dia ou a 6 prematuros a cada 10 minutos. Muitos destes bebês não sobrevivem ou ficam com sequelas. São considerados prematuros (ou pré-termos), os bebês que vem ao mundo antes de completarem 37 semanas de gestação. A campanha também visa diminuir as taxas de parto prematuro no Brasil, com foco para o cuidado aos recém-nascidos prematuros e/ou de baixo peso que estão internados em Unidades Neonatais brasileiras.

Neste ano, as maternidades integrantes da Estratégia QualiNEO desenvolveram um tema a ser trabalhado em nível nacional, baseado no clássico infantil “O Pequeno Príncipe” de Antoine de Saint-Exupéry. A campanha tem como título 30 dias de Ações pela redução da Prematuridade “Tu te tornas eternamente responsável pelo cuidado que praticas” e foi adaptada da obra literária com o intuito de provocar a reflexão de pais, familiares, profissionais de saúde, gestores, órgãos públicos, instituições privadas e a sociedade em geral em buscar mecanismos para que uma assistência mais qualificada seja oferecida aos prematuros. Compreende-se que todo o cuidado traz um impacto permanente na sobrevida desses bebês, onde cada um contribui direta e indiretamente para a qualidade de vida dos prematuros sob sua responsabilidade.

O enfermeiro Janailton Lima, do Hospital Geral de Fortaleza – Ceará, integrante da estratégia QualiNEO, compreendendo a dimensão da campanha proposta, criou a identidade visual, elaborou os modelos de camisetas e cederá a todos os estados brasileiros que desejarem reproduzir seus materiais com o título proposto.

A intenção é de que haja uma mobilização nacional para reforçar um modelo de assistência que abrange pré-natal, internação materna, parto e nascimento, internação do recém-nascido, retorno para casa, crescimento e desenvolvimento dos RNs prematuros, além do cuidado humanizado, contato pele a pele entre o recém-nascido e seus pais, controle ambiental, redução da dor, cuidado com a família e suporte da equipe de saúde. Cabe ressaltar que o cuidado qualificado aos prematuros deve ser contínuo, e não apenas no mês em destaque.

Confira alguns materiais para subsidiar as discussões aqui


  • TAGS

Tem um bebê
prematuro?

Preencha nossos cadastro e ajude
a direcionar as ações da nossa ONG

Cadastre-se